Homem calculando o IPVA da frota

Como calcular o IPVA da sua frota

4 de fevereiro de 2020 por Ticket Log em Gestão de Frotas
Voltar

Já sabemos que, no Brasil, cinco meses de trabalho são apenas para pagar impostos federais, estaduais e municipais, conforme aponta um estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT).

Com essa realidade, não dá para seguir o ano sem uma boa noção dos principais impostos e quais as opções que uma pessoa física possui para realizar esses pagamentos. Hoje, falaremos sobre o mais importante deles para quem trabalha com gestão de frotas: o IPVA.

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores incide sobre todos os proprietários de veículos, sejam carros, ônibus, caminhões, tratores, motocicletas, aeronave ou embarcações.

Mas como calcular o IPVA? Existe algum desconto para pessoa jurídica? Como eu faço esse pagamento? Essa são algumas perguntas que nós iremos responder a seguir, para ajudar no seu planejamento financeiro empresarial.

Como calcular o IPVA

Para calcular o IPVA, primeiramente é preciso entender a base de cálculo que o seu veículo está enquadrado:

  • Veículos usados: a base é feita a partir do valor de mercado do veículo. Esse valor é estimado e avaliado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), contratada pela Secretaria de Estado da Fazenda para elaborar a tabela de preços médios dos veículos.
  • Veículos novos: a base de cálculo é o valor total da nota fiscal de aquisição, incluindo o valor dos opcionais e acessórios.

Além disso, existe uma taxa aplicada sobre a base de cálculo, que varia de 1% à 4%, além de um prazo específico, em que ambos podem mudar de região para região. Ou seja, cada estado brasileiro tem uma taxa e um prazo diferente para o pagamento do IPVA.

  • Exemplo de cálculo do IPVA: um carro popular e flex, avaliado em cerca de R$ 30 mil na tabela Fipe no estado de São Paulo terá um IPVA no valor integral de R$ 1.200,00 (4%).

Como conseguir os descontos para pessoa jurídica

Alguns estados, não todos, oferecem descontos no IPVA para pessoa jurídica de até 50% da alíquota para frotistas. Para conseguir o desconto é preciso procurar a Secretaria da Fazenda onde a empresa de veículos está estabelecida e verificar esta possibilidade.

Quando e como pagar

Como já mencionamos brevemente, a data de pagamento do IPVA varia por estado, e também pela numeração da placa. Assim, carros com placa final 0 são os primeiros a pagarem (em janeiro) e os com final 9 são os últimos, geralmente em março do mesmo ano.

Você também poderá optar entre parcelar ou pagar o valor do imposto à vista. Ao optar pelo pagamento à vista, dependendo do estado, é possível economizar até 10% do valor, o que não é uma opção quando feito o parcelamento.

Como incluir o IPVA no planejamento da gestão de frotas

O ideal é estar atento ao modelo de automóvel da sua frota e a numeração das placas de cada veículo.

Após isso, conferir a possibilidade de desconto no seu estado e o valor total de acordo com os veículos e qual a data de pagamento do imposto para cada um deles.

Opções de gestão para cuidar do IPVA de frotas

Se administrar todos os documentos e multas do seu próprio carro já é “chato” (e leva um tempo considerável), imagina de uma frota inteira de veículos?

Hoje, existem soluções práticas para manter a gestão de documentos e multas, acompanhando prazos de vencimento e pagamentos. Para ficar mais claro, vamos usar nossa solução como exemplo: Ticket Fleet.

Essa opção, além de auxiliar na economia e controle do abastecimento da sua frota, disponibiliza também a solução para Gestão de Documentos e Multas para frotas.

Gestão documental

  • Centralizar a emissão dos licenciamentos da sua frota;
  • Garantir a entrega dos documentos aos condutores;
  • Prevenir CADIN (Cadastro Informativo de Créditos não Quitados) com a consulta mensal de débitos e restrições.

Gestão de notificações e multas

  • Evitar multas com a identificação de condutores em tempo hábil para recorrer;
  • Receber a captação sistêmica das notificações até 45 dias antes da emissão física;
  • Executar todo o ciclo no sistema de gestão: desde o apontamento do condutor até o pagamento da multa;
  • Controlar o termo de desconto em folha dos condutores.

Gestão de CNHs

  • Centralizar as informações de todas as carteiras dos motoristas da empresa;
  • Acompanhar o vencimento, a pontuação e restrições das habilitações;
  • Garantir que apenas condutores habilitados possam dirigir os carros da frota.

Recolha de Notas Fiscais

Essa é a nossa solução para o recolhimento e validação de notas fiscais dos abastecimentos da frota.

Através de um serviço automatizado, o gestor de frotas consegue acompanhar e controlar, em tempo real, toda a burocracia por trás das notas fiscais. Inclusive, o envio delas para a restituição do ICMS retido.

Você pode saber mais detalhes sobre a nossa recolha de notas fiscais, aqui!

Mais soluções para você

As soluções que trouxemos neste post são apenas as relacionadas ao IPVA. Entretanto, temos muitas outras modalidades para ajudar o gestor de frotas a ganhar mais tempo em suas tarefas e economizar em processos através da automação.

Visite nosso site e conheça mais sobre nós!

0
Like Love Haha Wow Sad Angry
11

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *