São muitos os tipos de frotas. Entenda aqui as diferenças!

Tipos de frotas: como escolher um modelo para seu negócio?

1 de abril de 2021 por Ticket Log em Gestão de Frotas
Voltar

Todas as frotas são diferentes e tem suas vantagens e desvantagens. Cada uma atende a uma demanda e cabe à empresa decidir qual atende melhor seus propósitos.

Por isso trouxemos várias dicas pra você saber como escolher o que se encaixa melhor em seu perfil. Se sua empresa precisa contratar uma frota ou variar a que já possui fique de olho nesse post, pois vamos te ajudar a entender melhor sobre isso!

Quais tipos de frota existem?

Se você for o gestor responsável pela frota em sua empresa é muito importante conhecer quais os tipos existentes no Brasil. Sabendo disso, caso precise, você pode fazer modificações para melhorar sua logística.

Ou está pensando em expandir os negócios e dar uma variada, mas não sabe por onde começar? Pensando nisso trouxemos essa lista falando um pouco sobre os tipos de frotas que existem atualmente no mercado.

1- Frotas comerciais

Como o próprio nome já indica, esse tipo de frota tem como objetivo atender todos os setores de uma empresa. Tanto a parte da entrega de produtos como o deslocamento de colaboradores, podendo ser composta por tipos de veículos distintos.

2- Frotas de entregas

Uma frota de entrega tem como objetivo a entrega de produtos, seja saindo de centros urbanos para entregar localmente como para restaurantes, entre outros. Ela usa diferentes tipos de veículos de pequeno porte, como: motocicletas, utilitários, vans ou até caminhões.

3- Frota de caminhões

Essa frota é voltada para transporte de produtos, sejam eles de uma única categoria como alimentos ou itens de lojas de departamento. Os caminhões podem servir a uma marca exclusivamente ou a diversas.

Ainda é possível fazer serviços de fretagem com esse tipo de frota. É comum vermos os caminhoneiros autônomos nas estradas, caso sua empresa precise de um serviço assim, pode ser vantajoso contratar um.

4- Frotas de aluguel de carros

Este tipo de frota é comum em aeroportos e centros turísticos, já que disponibiliza carros para pessoas físicas ou jurídicas alugarem para locomoção em seu período de estadia no local. Também é possível fazer aluguel para empresas. Essas frotas geralmente contam com um grande número de carros.

5- Frotas de serviços públicos

Instituições públicas possuem frotas próprias para seus funcionários desempenharem suas funções e/ou algum serviço público. Alguns exemplos são carros de polícia ou carros que professores utilizam em faculdades federais para se locomover até outras instituições.

6- Carsharing

Este tipo de frota consiste no compartilhamento de veículos, que acontece por intermédio de aplicativos. Você faz o aluguel de um carro de outra pessoa que esteja com ele parado e não irá utilizar por um tempo.

Uma forma contemporânea de se emprestar carros, é possível alugá-lo por apenas algumas horas e traz praticidade para quem aluga, além de não precisar de muita burocracia e ser mais em conta.

Modelos de gestão: qual o melhor?

Na hora de pensar qual o melhor para sua empresa deve ser levado em consideração que existem empresas especializadas que disponibilizam frotas para aluguel para outras companhias ou você pode escolher ter seus próprios veículos. Então vamos conhecer as vantagens e desvantagens desses dois modelos.

Frota própria

A frota própria consiste em veículos comprados pela própria empresa e pertencem a ela, assim como as responsabilidades de mantê-los. Sua principal vantagem é a centralização do recurso e dos processos.

Algumas desvantagens para esse tipo de frota são as altas despesas, pois tudo fica por conta da empresa e a burocracia operacional para conseguir colocar a frota nas ruas. Tendo em vista isso é sempre bom revisar qual cai melhor dentro de suas necessidades.

Frota terceirizada

Já com frotas terceirizadas os veículos pertencem a outra companhia e é feito um contrato definindo o tempo de uso dos automóveis. Algumas vantagens desse sistema é que não é preciso se preocupar com burocracias e impostos.

Você terá menos gastos com um plano de aluguel e ainda contará com suporte caso aconteça algum imprevisto, além claro, de ter um carro sempre novo a sua disposição. Porém deve-se levar em consideração que o carro não pertence a companhia e por isso deve se ter atenção quanto a seu uso.

Se sua necessidade for de adquirir carros por um menor espaço de tempo, existe a opção de alugar uma frota para aquele serviço específico. Ela não possui os serviços de suporte de uma terceirizada, mas atende bem em casos emergenciais ou de curto prazo.

Leia também: Terceirização de frotas vale a pena mesmo?

E agora como escolher uma para meu negócio?

Você já sabe o que precisa saber sobre os tipos de frotas que existem no Brasil e agora precisa escolher uma. Mas como? Bom primeiro você tem de analisar o perfil de sua empresa e pensar em qual atende melhor às necessidades daquele momento.

Se está pensando em variar o negócio, procure decidir por aquela que está dentro de seu orçamento e que possa gerar lucros. Aconselhamos a você que faça um estudo sobre suas possibilidades de crescimento dentro do segmento escolhido.

Em todas as situações é preciso muito estudo e conhecimento da área para não arriscar seu investimento em um negócio que não irá para frente. Por isso, sempre procure estar bem informado e se for preciso procure ajuda de profissionais especializados nessa área de transportes.

Agora que já vimos os tipos de frotas e como escolher qual melhor te atende, que tal deixar seu comentário dizendo o que achou desse post? E não esqueça de acompanhar as novidades!

0
Like Love Haha Wow Sad Angry
11

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *