Práticas que colaboram com o Meio Ambiente

5 de junho de 2019 por Ticket Log em Sustentabilidade
Voltar 0

Você sabia que o Dia Mundial do Meio Ambiente foi uma data designada pela ONU?

Isso aí, foi em 5 de junho de 1972,  marcando o primeiro dia da Conferência de Estocolmo sobre o Ambiente Humano. O objetivo deste dia é chamar a atenção para as questões ambientais, sensibilizar e encorajar ações no mundo todo em prol da proteção ambiental.

Para o Dia do Meio Ambiente deste ano, a ONU tem como tema a “poluição do ar”. Mas você sabe que tipo de práticas são realizadas nas empresas para reduzir a poluição do ar?

Neste artigo vamos trazer algumas práticas que o Grupo Edenred tem realizado para estimular uma economia de baixo carbono e a compensação de emissões.

Boa leitura!

 


Inventário de Emissões: pra que servem?

 

A Edenred Brasil, líder mundial em soluções transacionais para empresas, comerciantes e empregados, destaca seu compromisso com as práticas de sustentabilidade através da sua diretriz mundial, que cria conexões com foco no desenvolvimento sustentável. Sobre o tema foco deste ano, a poluição do ar, a Edenred Brasil possui práticas internas e para o mercado, pensando em auxiliar também seus clientes nestesmesmos desafios.

Todas as práticas têm como objetivo contribuir para a proteção ambiental e estão diretamente conectadas com a Política Ambiental da Edenred Brasil.

Para realizar melhorias, é preciso ter informações!

Há 9 anos a marca Ticket Log, participa do Programa Brasileiro GHG Protocol, que estimula a elaboração do Inventário de Emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE) de empresas brasileiras. Os Inventários tem a  função essencial de dar visibilidade sobre as emissões e contribuir na busca por melhores práticas.

Por meio da Ticket Log, a Edenred Brasil colabora voluntariamente com informações sobre sua pegada de carbono, sendo seu Inventário de Emissões reconhecido com o Selo Ouro do GHG Protocol e disponibilizado para consulta na plataforma Brasileira Registro Público de Emissões. O Inventário de 2018 deve ser disponibilizado para consulta em Agosto, conforme cronograma anual do GHG Protocol.

Como parte do levantamento de informações para o processo de Inventário de Emissões GEE, a Edenred Brasil promove também, a Pesquisa de Deslocamento, que tem como objetivo compreender o perfil de deslocamento do colaborador entre a casa e o trabalho, qual o meio de transporte utilizado, a distância percorrida, entre outros. Com essas informações, são calculados os impactos ambientais, considerando a emissão de gases do efeito estufa – GEE, ou seja, as emissões que contribuem para a intensificação das mudanças climáticas e além disto, os resultados desse estudo também servem para avaliação interna de oportunidades e ações que proporcionem aos colaboradores uma mobilidade mais eficiente e que contribuam ainda para o meio ambiente, reduzindo as emissões de GEE.

 

Práticas para uma economia de baixo carbono

gestão de frotas

À exemplo da Edenred Brasil que, a cada ano, busca a melhoria da redução das emissões, vamos trazer aqui algumas práticas que ela tem aplicado em seu dia a dia e tem trazido ótimos resultados:

  • Uso de combustíveis renováveis nos veículos – Etanol!

  • Campanhas internas para redução no consumo de energia

  • Trabalho em regime home office

  • Horários mais flexíveis na jornada de trabalho

  • Compensação das emissões através do Projeto Crédito de Carbono da Ticket Log

 

 

Você sabia?

O Programa Crédito de Carbono da Ticket Log, é um projeto aprovado pelo Verified Carbon Standards (VCS), que, além de fomentar uma atuação mais sustentável entre as empresas, permite a geração de créditos de carbono das empresas clientes que aderem ao programa e reduzem suas emissões de GEE das frotas comerciais de veículos com tecnologia flex, pela substituição no abastecimento de gasolina por etanol. Desde 2012, já são mais de 34,8 mil Créditos de Carbono gerados no programa.

 

  • Plataforma de compensação aberta ao mercado

Atrelado ao compromisso de estimular uma economia de baixo carbono, a Ticket Log disponibiliza também a Plataforma Compense, que permite com que empresas possam compensar suas emissões de CO2 apoiando projetos brasileiros reconhecidos pela ONU e certificados pela VCS (Verified Carbon Standard), estreitando seu compromisso com a sustentabilidade. O mais interessante da Compense é que ela possibilita qualquer empresa que possua Inventário de Emissões à participar, além dos próprios clientes da Ticket Log, que sem custo realizam o inventário de GEE da sua frota e além de compensar as emissões, ainda às controlam por meio de um painel online.

  • Mobilidade e Liberdade

Outra funcionalidade que a Ticket Log oferece ao mercado e que também estimula a economia de baixo carbono, é o Log&Go, uma solução de mobilidade. Ele está atrelado ao conhecido Ticket Car e concentrar o pagamento de combustível, manutenção, outros serviços veiculares, caronas compartilhadas e até diferentes meios de transporte, proporcionando muitas possibilidades e liberdade no uso e no deslocamento.

 

O Grupo Edenred também mantém suas iniciativas alinhadas com outros projetos de referência, como o CDP – Carbon Disclosure Project, que permite às empresas informarem suas ações, resultados e oportunidades em relação às mudanças do clima, sendo atribuída uma nota de desempenho, respondendo a clientes e investidores; com o FTSE4Good index, índice de sustentabilidade projetado para mensurar o desempenho de empresas que possuem boas práticas ambientais, sociais e de governança; e também com o Dow Jones Sustainability Indices (DJSI), primeiro índice global de ações composto de companhias consideradas social e ambientalmente responsáveis, do qual a Edenred participa há 6 anos e o Euronext Vigeo Eiris index, que avalia a integração de fatores sociais, ambientais e de governança na estratégias, operações e gestão das organizações. Também conta no Brasil com a parceria de Instituições como o Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável – CEBDS e o Instituto Ethos.

 

#DiaMundialDoMeioAmbiente

Muita coisa legal, né?

E aí, sua empresa aplica uma destas práticas? O que você achou destas dicas? Conte nos comentários!

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *