Frota de carros

Estar na rua faz parte do negócio. Como as empresas estão lidando?

25 de março de 2020 por Ticket Log em Mobilidade
Voltar

Nesse momento, autoridades nacionais e locais estão tomando medidas para conter o novo surto de coronavírus, decretando o fechamento de estabelecimentos como shoppings, cinemas, bares, teatros, escolas, universidades etc.

Também, muitas pessoas aderiram ao isolamento voluntário e empresas adotaram o trabalho remoto por tempo indeterminado.

Porém, nem todo mundo pode transferir suas atividades para o regime home office. É o caso das empresas que trabalham com frotas, que dependem das operações na rua para sobreviver.

Diante desse cenário complexo, como o setor está lidando com as limitações do momento?

Como fica a operação das frotas?

Por enquanto, não há diretrizes oficiais que orientem os setores que dependem do deslocamento para fins comerciais ou de prestação de serviço, ou até mesmo de transporte de mercadorias sobre como agir durante a epidemia. O que vem ocorrendo são iniciativas pontuais de empresas para adaptar as operações e minimizar os impactos de manter a frota na rua.

Inclusive, companhias de e-commerce, como o Mercado Livre, têm visto a demanda por itens de higiene e de primeiras necessidades, por exemplo, aumentar e tentam aproveitar o momento para colher bons frutos.

Gestores de frotas já comentam que o atual momento do Brasil já levou impactos para a rotina e operação das frotas. Muitos dos veículos que são destinados a tarefas administrativas e de vendas, como profissionais de trade marketing, já tiveram que parar suas atividades rotineiras e começaram a operar através de ferramentas online, como o Skype.

Somente com essa parcela de frotas paradas, já foi o suficiente para diminuir o número de veículos leves abastecendo e realizando manutenções, impacto que já pode ser sentido em postos de combustível e oficinas, estabelecimentos que se mantém abertos devido ao caráter de necessidades essenciais.

3 dicas especiais para empresas com frota

1 – Estar online

Veículos destinados a entrega ainda continuam operando, pois muitos setores do mercado não podem parar. É o exemplo das entregas para farmácias, mercados, hospitais, entre outros.

Para quem irá abastecer, veja mais cuidados para quem precisa sair de casa, aqui!

Para esses casos, muitas soluções online facilitam a comunicação e operação de uma frota, mantendo conectados tanto aqueles que que estão na rua quanto aqueles que estão trabalhando de casa

“Existem ferramentas que são diferenciais muito importantes nesse momento. Desde um simples WhatsApp, um e-mail, uma mensagem ou um aplicativo, como o da própria Ticket Log onde a gente consegue resolver as questões de abastecimento de forma muito simples, objetiva e rápida.”

Esse foi o depoimento de Adilson, gestor de frotas da Cimed, que conversou com a gente sobre como está o cenário da gestão e operação de frotas nesse momento.

Ele também comentou sobre ferramentas de gestão de frotas, quais usa e como ajudam no dia a dia:

“As principais ferramentas que eu utilizo é a Ticket Log, para gestão da manutenção e gestão de combustível. O App ta Ticket Log é o nosso salva-vidas, porque a gente consegue resolver tudo pelo aplicativo. As manutenções mesmo, a gente consegue entrar no site e resolver tudo de maneira muito objetiva e isso dá muita fluidez na operação, diria que 90%.”

2 – Higienização do veículo

Se as operações na rua não podem parar, o jeito é orientar as pessoas a tomar precauções para evitar o contágio do coronavírus. É responsabilidade de todos cuidar da sua saúde e do próximo para que a situação normalize o mais rápido possível.

Além das recomendações básicas (evitar locais fechados e aglomerações, lavar as mãos com água e sabão, utilizar álcool em gel, cobrir a boca e nariz sempre que tossir e espirrar), aqui vão dicas específicas para motoristas de frotas se protegerem do vírus:

  • Mantenha os veículos da frota sempre limpos. Utilize aspirador de pó para limpar estofados e carpetes e lave os tapetes.
  • Passe um pano embebido em álcool 70% nas superfícies do carro que as pessoas costumam tocar, como volante, marcha, maçanetas, dispositivos da janela e rádio.
  • Verifique a limpeza do ar condicionado para que o ambiente não prolifere vírus e bactérias.
  • Não acumule lixo (como lenços e papéis usados) dentro do carro.
  • Sempre que possível, ande com as janelas do veículo abertas para o ar circular.
  • Garanta frascos de álcool em gel em todos os veículos possíveis da frota.
  • Não toque olhos, boca e nariz antes de lavar as mãos.

Se algum colaborador apresentar sintomas de infecção pelo coronavírus, é importante que ele seja afastado do trabalho e se mantenha em isolamento por ao menos 15 dias para evitar contágio às outras pessoas.

3 – Arrumar a casa

Arrumar a casa? Sim! Mas, a “casa”, aqui, é a sua empresa ou a sua área. Como os gestores de frotas estão em um momento mais “leve” quando se trata da operação, pode-se usar esse tempo para realizar outras ações com a equipe, como:

  • ter reuniões de alinhamentos;
  • rever estratégias na área;
  • analisar performances do ano passado e nos últimos meses (criando comparativos para épocas antes da pandemia);
  • identificar oportunidades de melhoria;
  • entre outros projetos que estavam engavetados. 🙂

Conclusão

As dicas especiais que trouxemos aqui são bem importantes para você e toda sua equipe ficarem bem, firmes e fortes nesse momento! Tudo vai passar, basta se preparar agora para estar mais forte quando todo o mundo voltar a ativa.

Acompanhe nosso blog que estamos trazendo muitas dicas para gestores de frotas e empresas passarem por esse momento da melhor maneira possível!

0
Like Love Haha Wow Sad Angry
2

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *