Protesto contra as mudanças climáticas

Dia das Mudanças Climáticas

16 de março de 2021 por Ticket Log em Mobilidade
Voltar

Em 16 de março é celebrado o Dia Nacional da Conscientização sobre as Mudanças Climáticas. A data chama a atenção da população para essa questão e também para a necessidade de ações que reduzam o impacto dessas mudanças sobre a Terra.

Como a crise climática é sentida por mim?

O aumento da temperatura do planeta agrava a escassez de água, traz ondas de calor, frio e tempestades, mas podemos sentir uma das consequências mais graves: doenças e pandemias.

O cenário de pandemia  e isolamento social que vivemos afeta diretamente nossas vidas, desde a falta de insumos para produção de bens e serviços até o aumento do preço dos combustíveis no mercado internacional e no mercado interno por consequência.

Mesmo itens para manutenção automotiva ficaram mais caros, pois as peças de reposição, aço e outros materiais acompanharam a baixa da produção, devido ao cenário pandêmico.

Somente em 2020, o agendamento online de revisões automotivas teve um aumento de 32% nas concessionárias do Brasil, assim como a venda de peças na modalidade online aumentou 64%.

Isso reforça como tudo está interligado na natureza: quanto mais invadimos o espaço de animais silvestres, degradamos ambientes e mudamos o clima, mais suscetíveis estaremos a esses eventos.

Cerca de 75% das doenças infecciosas emergentes são transmitidas de animais para humanos, em sua maioria animais silvestres. A alteração do clima degrada habitats naturais e expõe animais selvagens a populações humanas, aumentando a chance de novas doenças e pandemias.

Atuação da Edenred para ajudar nas mudanças climáticas

Na Edenred, mudanças climáticas são um assunto prioritário. O tema está dentro da estratégia global de sustentabilidade e está alinhado ao pilar Planeta e à Política Ambiental da Edenred Brasil.

Precisamos reduzir drasticamente as emissões globais de Gases de Efeito Estufa (GEE) para conter o aumento de temperatura, principalmente o gás carbônico (CO2). Estudos indicam que, até 2050, precisaremos zerar nossas emissões de CO2.

Reforçando nosso compromisso com o tema, a Edenred possui metas globais de reduzir 52% de todas as suas emissões de GEE até 2030.

Em casa, como posso fazer a minha parte?

Mesmo em casa, em tempos de distanciamento social, podemos evitar emissões de gases de efeito estufa com pequenos hábitos. Dá uma conferida neles:

O carro está parado na garagem? Quando for sair – e somente quando necessário –, calibre os pneus e revise nível de água e óleo. A manutenção básica economiza combustível e emite menos poluentes.

Pense no seu trajeto quando for ao mercado, farmácia ou outro lugar. Nem sempre o caminho mais curto é o mais rápido ou mais econômico.

Qual é o futuro a partir de agora?

O mercado automobilístico já começava a olhar para a busca de energia alternativas, em comparação ao tradicional modelo de carro à combustão, mas a crise climática e o Covid-19 aceleram esse processo:

Veículos híbridos

São aqueles modelos com dois tipos de motores, que possuem um motor à combustão e sistema de recuperação de energia. Não são carregados nas tomadas, mas os propulsores elétricos regeneram sua carga com as frenagens.

Veículos elétricos

Esses sim possuem sistemas de baterias recarregáveis e não usam combustíveis como etanol, gasolina ou diesel. Podem ser carregados diretamente na tomada de casa ou em pontos de recarga rápida, geralmente disponíveis em grandes redes de supermercados e shoppings.

Um sinal claro que o meio automotivo está indo em direção diminuir sua pegada de carbono é que a venda de carros elétricos ou híbridos já supera em até 25% a venda de veículos a Diesel no continente europeu.

Governos municipais e nacionais já colocam como meta a proibição de circulação e venda de carros não elétricos. Paris, Madri, Cidade do México e Atenas colocaram como data limite 2025 para a circulação de carros movidos por gasolina ou diesel.

Ficou interessado? Veja dicas para saber mais sobre as mudanças climáticas

Fontes

  • https://www.istoedinheiro.com.br/a-interferencia-humana-na-biodiversidade-na-origem-das-pandemias/
  • http://www.iea.usp.br/noticias/mudancas-climaticas-e-pandemia
  • https://garagem360.com.br/pandemia-no-setor-automotivo-o-que-mudou-no-mercado/
  • https://jornaldocarro.estadao.com.br/carros/reino-unido-banir-combustao-2035/
  • https://revistacarro.com.br/entenda-as-diferencas-entre-os-tipos-de-veiculos-eletricos-e-hibridos/
  • https://jornaldocarro.estadao.com.br/carros/eletricos-e-hibridos-diesel-europa/
0
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *