Os motoristas que transportam cargas por estradas brasileiras estão no radar das grandes quadrilhas. Como nem mesmo o aparato fornecido por empresas especializadas em segurança (uso de GPS, de escolta armada e o estabelecimento de novos processos) tem inibido a ação de ladrões, nunca é demais os condutores adotarem as suas próprias medidas preventivas – listamos 7 delas mais abaixo. Os números colhidos pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) mostram que houve 97.786 roubos de cargas no país entre 2011 e 2016, sendo que Rio de Janeiro (com o maior número de…