A ordem é compartilhar!

Quem disse que o mercado imobiliário não pode contribuir para a mobilidade? Imóveis compactos, inteligentes e com serviços voltados para mobilidade e consumo colaborativo. Essa é a principal tendência do mercado imobiliário de grandes cidades como Nova Iorque, Tóquio, Paris e Londres, que começa a ganhar destaque nas metrópoles brasileiras. Em São Paulo, a pioneira nesse segmento foi a Vitacon, incorporadora fundada há cinco anos por Alexandre Frankel. A empresa, responsável por iniciativas inéditas no mercado, comercializa unidades até 60m², com mais de quarenta edifícios entregues na capital paulista. Os empreendimentos, práticos, confortáveis e repletos…

Mudanças climáticas e o papel de cada um

O Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável – CEBDS – publicou um artigo escrito pelo Diretor de Estratégia e Marketing na Ticket Log, Maximiliano Fernandes.  Veja abaixo o texto na íntegra sobre a responsabilidade de cada indivíduo nos impactos causados pelo homem no clima. Muito se debateu sobre o clima em 2016, mas desta vez com uma diferença visível: passamos de expectadores das mudanças climáticas para participantes dela. Se antes se falava que calotas polares derretiam por causa do aquecimento, tudo bem. Os Polos estão bem longe de nós. Hoje o cenário é outro e o…

A COP 22 e os desafios da sustentabilidade

A 22ª edição da Conferência das Partes, COP, aconteceu em novembro, no Marrocos (cidade de Marrakesh) e foi marcada por muito positivismo e bons avanços. A Conferência das Partes (COP) é o órgão supremo da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC), que reúne anualmente os países Parte em conferências mundiais. Suas decisões, coletivas e consensuais, só podem ser tomadas se forem aceitas unanimemente pelas Partes, sendo soberanas e valendo para todos os países signatários. Em 2015, o resultado da COP que aconteceu na França foi o “Acordo de Paris” que estipulou…

Reduzir é palavra de ordem na crise!

Em tempos de recessão, otimizar custos é primordial para a sustentabilidade do negócio. Mas não adianta você sair cortando os gastos da sua empresa se não tiver um plano de gestão financeira muito bem amarrado. Para otimizar, é necessário conhecer exatamente onde estão os gargalos, definir o que é necessário e substituir o que pode ser atualizado. No dia a dia acabamos fazendo tudo sempre do mesmo jeito, pois estamos habituados e acaba sendo “mais rápido”. Tempo, inclusive, é um ativo muito precioso nos dias de hoje e, por isso, aproveitá-lo da melhor maneira possível…

Frota sustentável com etanol

Os principais responsáveis pelas emissões de gases de efeito estufa no Brasil têm sido, tradicionalmente, as mudanças no uso da terra e o setor de energia. O primeiro, impactado pelo desmatamento, chegou a representar 71% das emissões brasileiras em 2003, e hoje, graças principalmente ao aumento da fiscalização, teve sua participação reduzida para 31% do total em 2014. Por outro lado, o setor de energia avança para se tornar o principal responsável pelas emissões do Brasil nos próximos anos. Sua parcela de responsabilidade pelas emissões passou de 11% para 30% na mesma base de comparação,…

Você sabe o que são as mudanças climáticas?

Uma situação muito comum é confundir mudanças climáticas com as alterações cotidianas de condições climáticas. Quando falamos de mudanças climáticas ou aquecimento global estamos nos referindo a uma elevação da temperatura do planeta como um todo, causada pelo aumento de emissões de gases de efeito estufa – GEE na atmosfera gerado pelo homem. Mas gerado como? Pelo desmatamento, queima de combustíveis fósseis para geração de energia (como petróleo, carvão mineral e gás natural), agropecuária, entre outros fatores importantes. Um estudo realizado por um professor da universidade de Yale, nos Estados Unidos na década de 1970,…

Sustentabilidade integrada à estratégia

Ecofrotas, Ecobenefícios e Expers divulgam, pelo quinto ano consecutivo, seu Relatório de Sustentabilidade. A Embratec, empresa que administra as marcas Ecofrotas, Ecobenefícios e Expers, acaba de lançar seu Relatório de Sustentabilidade 2015 (ano base 2014). A publicação apresenta o desempenho econômico, social e ambiental da empresa e garante uma comunicação mais transparente com os públicos com os quais nos relacionamos. Dividido em capítulos referentes aos seis pilares que formam a Plataforma de Sustentabilidade da empresa, o Relatório traz os assuntos e indicadores relevantes de forma mais aprofundada, além de apresentar a evolução da empresa em cada…